Apple Card

Apple Card

Um novo tipo de cartão de crédito. Criado pela própria marca, não por um banco.

É neste ano de 2019 que a Apple entra para o mercado de cartões e crédito e lança seu mais novo produto: O Apple Card. De acordo com a companhia, o serviço representa todas as principais características da marca, como simplicidade, transparência e privacidade.

O novo cartão de crédito oferece mais facilidade e segurança na hora do pagamento, com juros muito menor. A previsão de chegada do produto ao mercado norte-americano é para o terceiro trimestre deste ano, porém, ainda não há previsão de expansão do serviço para as demais regiões e países.

Com o objetivo de facilitar e ampliar a utilização do novo serviço, a companhia estabelece parceria com o banco Goldman Sachs e com a rede global de pagamentos Mastercard. A união das marcas visa trazer ao mercado um serviço simples, com um cartão isento de anuidade e livre de taxas, similar ao do cartão de crédito do Nubank.

Privacidade e Segurança

Uma das principais características do novo produto é que o Apple Card vive no próprio iPhone, no aplicativo Wallet. O que torna a forma de pagamento muito mais fácil, pois pode ser utilizado com o Apple Pay.

O novo cartão de crédito foi projetado para garantir que o responsável pela conta seja o único que pode usá-lo, pois foram incorporadas todas as tecnologias avançadas de segurança do Apple Pay, como Face ID, Touch ID e códigos de transação exclusivos.

O cartão físico não possui números na frente, nem no verso, apenas o nome completo do usuário da conta, o que aumenta o nível de segurança do produto. O material utilizado para a produção dos cartões é o titânio, todos gravados a laser.

Como comprar

Para a realização de compras através de apps e websites, há um número de cartão virtual no aplicativo Wallet. Este fará o preenchimento automático quando o usuário estiver utilizando o Safari. A expectativa é que com a chegada do cartão, os clientes possam usá-lo também, em estabelecimentos que não aceitem o Apple Pay.

De acordo com a Apple, o novo cartão de crédito foi criado para que os clientes pudessem levar uma vida financeira mais saudável, com entendimento e controle de todos os seus gastos. Pensando nisso, o Apple Wallet irá expor detalhes de cada transação, como endereços de lojas e datas de compras, usando “machine learning” e serviços como Apple Maps para classificar corretamente as informações.

As compras realizadas serão organizadas automaticamente em categorias como alimentos e bebidas, entretenimento, entre outras. Os clientes do Apple Card poderão receber, ainda, relatórios semanais e mensais para acompanhar todos os gastos realizados.

Outra característica bastante interessante do novo produto são os benefícios financeiros, começando pelo programa de cashback Daily Cash. O usuário receberá de volta 2% de cada transação realizada com o Apple Card, a partir do Apple Pay. Já para compras realizadas especificamente em serviços da Apple (como a App Store), o cashback é de 3%. Em transações feitas com o cartão físico, o retorno cai para 1%. Os valores serão creditados diariamente.

Além disso, a Apple garante que não haverá cobrança de anuidade, de taxas para transações internacionais ou de estouro de limite. Caso o usuário não pague a fatura na íntegra, ele poderá parcelar o pagamento com juros baixos. Também não haverá cobrança de multa em caso de atraso.

FONTE: Apple

" class="prev-article">Artigo Anterior

administrator

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *