Importância de brinquedos educativos no desenvolvimento das crianças

Importância de brinquedos educativos no desenvolvimento das crianças

O desenvolvimento saudável de uma criança vem de um lar amoroso, pais presentes, alimentação nutritiva e muita brincadeira, é claro. Nesse ponto, é relevante mencionarmos a importância dos brinquedos educativos, que possibilitam aos pequenos um mundo de experiências que os preparam para a vida toda.

Brinquedos educativos permitem que a imaginação flua de maneira livre e intuitiva. O principal objetivo desses itens é garantir a segurança e estimular o teste, a experimentação e a percepção do ambiente que cerca a criança.

Nesse artigo, vamos mostrar o que são brinquedos educativos na prática, sua importância no desenvolvimento infantil, entre outros benefícios, além de explicar a diferença entre brinquedos educativos e brinquedos pedagógicos.

O que são brinquedos educativos?

Podemos estabelecer como brinquedos educativos aqueles que permitem uma ampla exploração por parte da criança, sem muitas regras, para que ela tenha liberdade de testar diferentes possibilidades e se divertir.

Junto desse processo, ela estará “por conta própria”, desenvolvendo o raciocínio, habilidades motoras, compreensão sobre cores, formas e sons do espaço que vivem.

Obviamente, não é recomendado deixar uma criança sem supervisão por muito tempo e brincar junto estreita os laços familiares, mas é válido entender que brinquedos educativos não devem precisar de um adulto monitorando a atividade.

Como exemplos de brinquedos educativos, podemos citar:

  • Chocalhos;
  • Blocos de encaixe;
  • Instrumentos musicais;
  • Livros de brinquedo;
  • Massa de modelar;
  • Brinquedos com sons de animais.

Agora, entre as principais características dos brinquedos educativos, considera-se as seguintes:

  • Altamente estimulantes: brinquedos educativos apresentam cores sólidas, diferentes formas básicas, como cubos e esferas, e podem fazer sons diferentes que chamam a atenção da criança;
  • Uso simples: não se trata de itens muito complexos, com regras e um “jeito certo” de se obter o estímulo ou recompensa. O seu uso precisa ser simplificado e adequado para a faixa etária da criança;
  • Diferentes texturas: outro sentido que deve ser estimulado é o toque. Através de diferentes texturas, como madeira, plástico e EVA, a criança desenvolve o tato;
  • Leves e seguros: uma das características mais importantes, os brinquedos educativos devem ser seguros, evitando pontas, partes que soltam com facilidade, pedaços que podem lascar, entre outros riscos à crianças. Além disso, é ideal que eles sejam leves, para que a criança manipule sem esforço.

Diferença entre brinquedos educativos e pedagógicos

Como estabelecemos anteriormente, brinquedos educativos podem ser entendidos como aqueles que estimulam o desenvolvimento de habilidades por meio de experimentação livre e estímulos cognitivos, sem regras claras e com o acompanhamento de um adulto por prevenção, não exatamente por necessidade de se envolver.

Por outro lado, brinquedos pedagógicos são aqueles que reforçam conteúdos e compreensões já obtidas através da brincadeira. Eles necessitam da mediação de um adulto para orientar a criança sobre as regras e o que se espera com o resultado.

Muito comuns em salas de aula, os brinquedos pedagógicos têm uma interação mais guiada. Eles até podem utilizar brinquedos educativos como base, mas apresentam um modo de utilização e um resultado previamente definido.

Por exemplo, blocos de montar podem ser educativos, onde a criança empilha e inventa o que eles irão formar. No contexto pedagógico, o adulto mediador, como o professor, iria pedir à criança que montasse uma casa ou uma forma específica.

Entre brinquedos pedagógicos que podemos citar, temos:

  • Dominós;
  • Quebra-cabeças;
  • Memória;
  • Jogos com letras e números.

3 dicas para escolher brinquedos educativos

Veja agora 3 dicas para escolher os brinquedos educativos ideais para o seu filho ou para presentear um dos pequenos:

1. Faixa etária

O primeiro ponto diz respeito à idade da criança, brinquedos no Brasil devem contar com a indicação de faixa etária adequada. Esse ponto deve ser respeitado, para garantir o bem-estar da criança ao interagir com o brinquedo.

2. Variedade

Oferecer uma boa variedade de texturas, cores e formas é sempre importante para desenvolver diferentes habilidades da criança. Busque saber o que ela já possui e complemente as opções com algo novo e estimulante.

3. Preferências da criança

Têm crianças que adoram de tudo, outras que desde muito cedo já demonstram preferência por certas temáticas, como animais, música ou esportes. Utilize a abordagem lúdica e a preferência da criança para estimular o desenvolvimento com brinquedos educativos que ela já se interessa e/ou reconhece.

Procurando brinquedos para a criançada?

Se está procurando brinquedos educativos, pedagógicos e muitos outros para divertir as crianças, não deixe de conferir as ofertas de brinquedos na Unimporte. Confira!

administrator

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *